Habitare Casa e Decoração
'); }); jQuery('#-pro-menu-8-1894 .oxy-pro-menu-show-dropdown .menu-item:not(.menu-item-has-children) > a', 'body').each(function(){ jQuery(this).append('
'); });

Quadro Decorativo

Quadro decorativo é um objeto decorativo essencial para uma bela decoração. Descubra nossa melhor seleção de quadros e as mais belas prateleiras para decorar o quarto, a sala, banheiro ou qualquer outra decoração de parede do seu lar. Faça sua escolha e compre itens em oferta e promoção especial.

Quadros para decoração em destaque

Quadros decorativos mais desejados

Quadros decorativos mais desejados

Quadro decorativo para ambientes decorados com mais bom gosto

O quadro decorativo surge como uma opção de bom gosto para deixar os ambientes mais sofisticados, elegantes, visualmente interessantes, despojados ou mesmo para servir como peça central de destaque.

Entretanto, nem sempre é fácil escolher as melhores opções para o seu ambiente ou mesmo entender o que diferencia exatamente um quadro de outro.

Já que o mercado está repleto de opções interessantes, bonitas e até únicas, para que ninguém tenha o mesmo quadro que você.

Dessa forma, separamos aqui tudo o que você precisa saber para começar a escolher as peças que vão transformar todo o seu lar.

Acompanhe abaixo!

Quadros decorativos - Quando são a melhor opção?

Os quadros para decorar os ambientes não são exatamente uma inovação do design, mas vem se atualizando ao longo dos anos, ganhando novas formas e também focos.

Como resultado, é natural que algumas pessoas imaginem que se trata de uma tendência, quando na verdade é parte natural da maior parte das casas.

Em síntese, muitas famílias gostam de usar quadros há muitos anos, ainda que a maior parte seja de fotos da família, que contas a história de pessoas queridas, acontecimentos ou mesmo ambientes que eles sonham e gostam.

A partir disso, podemos dizer que o quadro decorativo é a melhor opção para todas as casas que querem deixar aquele ambiente com aspecto pessoal.

Mesmo que não seja uma foto sua na parede.

Acontece que esses itens são capazes de transmitir uma ideia, mostrando que vive ali ou o que gostam.

Da mesma maneira, vem como uma opção para compor o ambiente no quesito estilo.

Ou seja, permite que você harmonize o ambiente a partir da sua personalidade e gostos.

Inclusive, é importante destacar aqui que os quadros podem ser usados em diversos locais.

Seja nas saladas, quartos, áreas de refeição, área externa, closets e até mesmo nos banheiros!

Portanto, dá para criar um plano único para os espaços.

Por outro lado, existe uma dica que pode funcionar muito bem, principalmente se estiver decorando sozinha: aposte em um tema geral ou estilo.

Logo, se você tem móveis e outros quadros em estilo de natureza, vale a pena continuar seguindo esse aspecto nos outros ambientes, mesmo que de maneira mais “leve”.

Além disso, a fica é apostar em molduras semelhantes, seja com a mesma cor, espessura ou detalhes.

9 dicas para escolher um quadro decorativo para ambientes com bom gosto

Agora que você está um pouco mais familiarizada com a ideia de escolher quadros, é hora de conhecer as melhores dicas para escolher o seu para cada um dos ambientes da sua casa ou mesmo escritório/empresa.

1# Lembre-se que os quadros refletem quem mora ali ou vai até aquele espaço

Para começar, a primeira dica é ter em mente que os quadros são uma reflexão de quem está/vive naquele ambiente.

Ao se esquecer disso, você pode acabar escolhendo peças que não condizem com o seu perfil, destoando de todo o restante da decoração.

Portanto, se você tem um estilo clássico e tem preferência por tons pastéis e paisagens, não há porque mudar isso na hora de escolher os quadros.

O espaço todo deve ter uma harmonia para que você se sinta confortável e em casa.

E não a sensação de que o quadro apareceu ali do nada.

Ao mesmo tempo, existe a opção da composição de quadros, que vamos falar mais logo abaixo, e que pode ser bacana para trazer um misto de ideias.

Neste caso, você pode compor a sua parede com quadros diferentes, mas que transmitem, juntos, uma única identidade.

Uma dica interessante aqui é entender que os quadros devem funcionar a partir de um valor sentimental, história ou emoção.

Mesmo que seja um pequeno detalhe na moldura, na imagem ou nas posições.

2# Recordações e fotografias

Entre as principais opções de imagens para quadros estão as recordações e as fotografias pessoais.

Em primeiro lugar, as recordações são ideias para fotos pessoais ou não, de locais que você conheceu e gostou, que quer visitar novamente ou que são importantes para a sua história.

Ao ir para alguma viagem, passeio ou visita a familiares, é comum tirar fotos incríveis, com pessoas ou apenas com paisagens, que podem estampar as suas paredes.

Já as fotografias, são opções mais pessoais, que geralmente ficam reservadas nos quartos e corredores.

Neste cenário, você pode escolher uma foto de um momento especial, sozinha ou com pessoas importantes, ou mesmo fotos de outras pessoas.

Como os seus filhos, pais, avós ou até mesmo dos seus pets.

Por serem mais pessoais, essas fotos também mostram mais a quem aquele ambiente é direcionado e pode contribuir para que todos se sintam queridos.

Por exemplo, existem algumas famílias que gostam de colocar vários quadros, de maneira assimétrica em uma mesma parede, contando uma história.

Logo, você tem seus avós, depois seus pais, você e depois os seus filhos. Como uma linha do tempo.

Uma dica é que, muitas vezes, as pessoas acabam escolhendo imagens muito pessoais para locais que recebem muitas pessoas.

Sendo assim, é preciso ter um pouco de cuidado e pensar: você quer que todos que vão até a sua casa vejam aquela foto?

Caso a resposta seja não, escolha um ambiente mais restrito para o quadro decorativo, como o seu quarto, banheiro pessoal ou o seu canto de leitura.

3# Quadro decorativo de imagens inspiradoras

Não é incomum que você veja diversas lojas oferecendo imagens com frases ou paisagens que parecem ter saído direto de algum livro de época.

Geralmente, o principal objetivo dessas imagens é justamente esse: inspirar ou transportar você até aquele lugar.

E os quadros podem ser bem eficientes nesse quesito.

Justamente por isso, são mais comuns nas salas, escritórios ou na sala de jantar, que são locais para realmente se sentir leve, bem e com alto astral.

Ao mesmo tempo, você pode escolher alguma imagem de um objeto que seja interessante para aquele espaço.

Por exemplo, as imagens de céu aberto são mais comuns para as salas de estar, enquanto você pode escolher imagens com cafés de caldas para a cozinha.

Já para os escritórios, as imagens mais comuns são aquelas que representam força e foco, como um animal imponente ou uma frase motivacional.

As imagens inspiradoras devem cumprir com a sua função: ao olhar para elas, você deve se sentir melhor, preparado ou inspirado para alguma coisa.

4# Quadro decorativo para o banheiro

Os banheiros são locais da casa que sempre ganham destaque na hora do design e não é à toa.

É nesse ambiente que você fica mais exposto, mas também acolhido, relaxado e em seu momento de beleza pessoal.

Ou seja, você pode começar a pensar em opções de quadros que condizem com essas sensações e com este momento.

A dica é escolher quadros que reflitam a beleza e também a reflexão, para combinar com o sentimento de relaxar, estar livre e onde você pode apenas fechar os olhos e ser você mesma.

Independentemente de estar tomando banho, escovando os dentes ou em uma rotina de cuidados com a pele.

Bom, a partir disso, surge a dúvida de que imagem escolher para esse ambiente não é mesmo?

Pensando nisso, algumas das melhores dicas incluem:

  • Arte abstrata;
  • Formas geométricas;
  • Flores: seja única ou tipo um buquê/vaso;
  • Feito apenas de linhas brancas em fundo escuro ou vice-versa;
  • De animais, principalmente os que parecem menos reais, como desenhos e muitos outros.

Da mesma maneira, os quadros mais criativos e até engraçados são boas opções, desde que sejam parte da sua personalidade.

Logo, você pode escolher alguma frase bacana e divertida e posicionar próximo ao box ou do espelho ou mesmo um quadro mais simples, com linhas que lembram o formato do rosto ou corpo humano.

5# Fique atento à altura dos quadros

Geralmente, quando você vai comprar um quadro decorativo, você já sabe exatamente onde ele será colocado.

O que significa que existe um espaço reservado para ele, que pode ou não estar compostos de outros objetos. Por exemplo, alguns quadros ficam logo acima de aparadores.

Seja como for, existe uma regrinha simples e que facilita muito na hora de decorar e trazer harmonia para os ambientes: a altura dos quadros.

Assim, a regra é garantir que todo o quadro seja facilmente visível por uma pessoa adulta de altura mediana a baixa.

E o que isso quer dizer?

Isso significa que o centro do quadro deve estar, no máximo, a 1,60 metros do chão. Logo, a parte superior vai estar mais acima da cabeça.

Essa dica funciona para que qualquer um consiga ver o quadro por inteiro estando perto ou mais distante daquela parede.

Já pensando nos quartos, se você for colocar o quadro acima da cabeceira, a distância entre o fim da cabeceira e início do quadro deve ter entre 20 e 25 centímetros.

Valendo também para aparadores, sofás, mesas e outros. Salvo quando o quadro será apoiado no móvel.

Porém, se a sua cama não tiver cabeceira, a altura para o início do quadro é de 60 centímetros a partir do chão.

Para as escadas, a regra é que os quadros acompanhem a inclinação.

Ou seja, se a distância entre a parte inferior do primeiro quadro e primeiro degrau é de 60 centímetros, o segundo será mais alto, considerando a medida adicionado do segundo degrau.

Pense que os quadros nas escadas formam também uma escadinha.

6# Composição de quadro decorativo 

A composição de quadros se refere a uma tendência crescente desde 2017: ter vários quadros em uma mesma parece, sempre com a distância de alguns centímetros um do outro.

Assim, a ideia é criar um tipo de arte a partir de quadros de diferentes tamanhos e com imagens que podem ou não ter alguma relação direta.

Geralmente, nesta composição, existe um quadro maior que todos os demais, que pode ficar em uma lateral ou no centro.

Na maior parte dos casos, esse quadro maior é o que dita o estilo de decoração daquela parede.

Porém, todos os quadros também podem ter a mesma medida e até a mesma imagem, funcionando como um espelho refletor ou um quebra-cabeças, onde o quadro seguinte termina a imagem começada no quadro anterior a ele.

Por exemplo, você pode criar uma composição de quadros da natureza.

Neste caso, todos os quadros serão referentes a animais na vida selvagem, plantas, paisagens, rios ou mar, florestas e assim por diante.

Outra opção é criar uma composição com quadros distintos.

Desse modo, um deles pode ter uma frase, o outro a imagem de um objeto, o seguinte uma representação de algo, etc.

Muitas vezes, a composição é mais usada para apenas um foco, como várias imagens de mar, mas também é uma opção para fotos de famílias e/ou momentos especiais.

7# Cores na medida certa

As cores escolhidas para um ambiente têm diversas funcionalidades, como causar conforto e aconchego, deixar o ambiente mais profissional e frio ou até para contrastar com os móveis.

Não é incomum, por exemplo, que uma sala toda em tons pastéis ou tons muito escuros, receba um quadro decorativo com uma cor vibrante ou outra que destoa da decoração.

Isso causa uma sensação de charme e impacto, elegância e contribui com a personalidade do ambiente.

Ao mesmo tempo, você pode escolher quadros e objetos pequenos que se assemelham nas cores.

Como um quadro azul turquesa para uma sala toda em tons de cinza, mas que tem uma almofada nesse mesmo tom de azul.

Ou mesmo para a moldura de um porta-retrato da estante, que compõe a cor da cortina e assim por diante.

Entretanto, os quadros em preto e branco também são repletos de charme e podem ajudar a compor um ambiente mais sofisticado ou mesmo quando já existem cores saltadas na decoração.

Em salas muito brancas por exemplo, onde os móveis e tudo o mais tem tons bem caros e neutros, os quadros em preto e branco mantém esse estilo ao passo que se destacam dos outros objetos.

Dica de ouro

Uma dica importante é ter o cuidado na hora de escolher as molduras, para compor os quadros de forma harmoniosa.

De forma geral, os quadros de paisagem funcionam bem com as molduras de madeira natural, sem muitos detalhes.

Já os quadros clássicos combinam com molduras provençais.

Uma forma fácil de escolher é também escolher molduras de acordo com as cores: cores quentes combinam com molduras quente e cores frias com molduras frias, como as prateadas.

Apesar que, nos dias de hoje, é muito comum que o quadro decorativo já venha com as molduras.

8# Como escolher o melhor quadro decorativo para painéis

Os painéis são muito comuns nas casas, escritórios e clínicas, já que deixam o ambiente mais quente e aconchegante.

Pensando nisso, os painéis combinam muito com quadros coloridos, que causam um impacto no ambiente e garante um ponto de luz.

Nos painéis de madeira, a dica é escolher peças de cores vibrantes e fortes, que remetem a natureza, como o azul do mar, verde de floresta, laranja/vermelho do sol e assim por diante.

A peça pode ter apenas as cores ou mesmo o desenho de algum objeto e formas geométricas, que deixam o ambiente mais despojado e moderno.

Já para os painéis mais escuros, como cinza e preto, ou que imitam pedras, você pode escolher quadros que tenham um quadro antes de chegar ao centro, que seja mais claro que a parede.

Por exemplo, um quadro com uma árvore apenas de linhas pretas, com um funcho mais claro.

Outra opção, caso você queira uma imagem naquela parede, é escolher uma moldura que trace a linha entre onde termina a parede e começa o quadro, por ser mais clara/escura ou mais fosca ou brilhante.

Dica de ouro

Uma opção interessante é formar uma composição em painéis com um espelho.

Ou seja, você coloca um espelho, no centro ou lateral, e adiciona quadros ao lado do espelho.

Para isso, uma dica é colocar a moldura do espelho como a dos quadros, ou escolher um espelho veneziano, que funciona bem para diversos quadros.

9# Dicas extras de quadro decorativo

Por fim, existem ainda outras dicas que podem ajudar você a escolher os quadros para compor todos os seus ambientes.

Em primeiro lugar, saiba que não existe uma linha que delimita o que é tendência ou não, sendo que as coisas mudam ao longo dos anos.

Justamente por isso, é mais importante considerar o seu estilo e personalidade que os quadros que estão aparecendo nas revistas.

Em segundo lugar, existem diversos quadros com textura, que são bem interessantes.

As texturas podem ser da tinta ou do material, como a madeira, que foram as imagens.

Em terceiro lugar, também existem quadros formados a partir de várias molduras, que se sobrepõem e deixam o visual despojado.

Enfim, existem diversas opções de quadros interessantes para você escolher de acordo com cada ambiente, para deixar tudo a sua cara.

Então, ainda ficou com alguma dúvida de como escolher o quadro decorativo ideal para deixar o seu espaço com bom muito bom gosto? Comenta aqui embaixo.

Aproveite também para compartilhar as suas dicas e experiências com nossos leitores.

Grande abraço e até o próximo post!

Habitare Casa e Decoração
Todos os direitos reservados Habitare Casa e Decoração 2020. Proibida a reprodução de qualquer conteúdo do site sem prévia autorização.